Fórum Português dos Cinema Bizarre

Forum sobre a banda alemã Cinema Bizarre ___ Regista-te e vem descobrir tudo sobre eles!
 
InícioPortalFAQBuscarRegistrar-seMembrosGruposConectar-se

Compartilhe | 
 

 Almost easy

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
SaraPinto*
Sargento Bizarre
Sargento Bizarre
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 737
Idade : 23
Localização : Hollywood ♥
Hobbies : USTREAM (:
Cinema Bizarre Favorito : Strify
Data de inscrição : 07/11/2008

MensagemAssunto: Re: Almost easy   Sab Jan 10, 2009 3:41 pm

oh coitado do Strify...enfim

hwww adoro a música xP

familiar...yaaaa lool (cantada pelo yu ahahah)

ta fixe^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário https://www.youtube.com/user/SaraPintoOfficial
Tekatoki mytsuka*_*Strify
Soldado Bizarre
Soldado Bizarre
avatar

Número de Mensagens : 311
Idade : 24
Data de inscrição : 02/03/2008

MensagemAssunto: Re: Almost easy   Sab Jan 10, 2009 6:12 pm

Mais um ^^

-14-

Ele acabou de cantar, e eu simplesmente fiquei com os olhos a brilhar . Neste momento eu nem podia disputar o meu olhar com o dele , já que o meu , estava penetrado no chão , tentando perceber como é que ele podia ter uma voz tão maravilhosa . Ele aproximou-se a mim , sorrindo .

- Ann , gostas-te?
- Ahn? - não tinha ouvido o que ele tinha dito , e mesmo que quisesse , agora os meus pensamentos não estavam em nenhum lado , a não ser no Yu, que continuava com a sua guitarra na mão a tocar .
- Estou a perguntar se gostas-te? Esta é a minha banda , os Cinema Bizarre . - ele citou aquilo com um sorriso rasgado perante mim .
- Gostei , gostei . Tu cantas muito bem ! - tentei dar a volta.

Ele sorriu-me ainda mais , e deu-me um suave beijo nos lábios . Continuaram a cantar , mas eu lembrei-me , do sonho que tivera tido . Estava num túnel . Um túnel completamente escuro , e apenas havia uma luz escassa no fundo deste . Tentei olhar melhor , mas a minha visão estava a começar a ficar intensa . Ouvia alguém a chamar o meu nome , e uma imagem apareceu-me . A cara não se via , apenas os traços do corpo . Depois disso , perdi os sentidos e não consegui acordar .

- Ann? Ann estás bem?

Eles batiam-me na cara , e eu via a imagem toda destorcida do Strify , do seu lado esquerdo o Yu e no direito a Juliet .

- O que é que se passou? Porque é que me estás a bater na cara? - disse ao parar a mão de Strify .

Ele segurou-me nos seus braços, e eu abracei-me a ele .

- Tu desmaias-te Ann . O que se passou contigo?
- Eu não sei … eu lembrei-me de um … pesadelo que tive hoje á noite , e aconteceu isto .
- Que pesadelo? - perguntou juliet indignada .
- Tinha a ver com o meu trabalho … coisas da minha cabeça , não liguem . - menti .

O Strify tentou beijar-me , mas eu não consegui , o Yu estava por perto , e á frente dele , parecia que me sentia mais envergonhada . Provavelmente , fora pelas coisas que o fizera passar .

- É melhor ela ficar na cama . - sussurrou o Yu a Strify .

Sorri-lhe , ele preocupava-se comigo .

- Ann, tu ficas na cama . Vou trazer-te um chocolate , para teres mais açúcar no sangue , e tu não sais daqui ok? - disse puxando os lençóis , para mim .
- Eu não sou um bebé Stri… - ele interrompeu-me .
- Ann? - ele suplicou .
- Ok ok , o senhor manda !!

------

Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SaraPinto*
Sargento Bizarre
Sargento Bizarre
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 737
Idade : 23
Localização : Hollywood ♥
Hobbies : USTREAM (:
Cinema Bizarre Favorito : Strify
Data de inscrição : 07/11/2008

MensagemAssunto: Re: Almost easy   Sab Jan 10, 2009 6:15 pm

xD ja nem me lembrava do trabalho dela hehe

cada vez melhor *_*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário https://www.youtube.com/user/SaraPintoOfficial
Tekatoki mytsuka*_*Strify
Soldado Bizarre
Soldado Bizarre
avatar

Número de Mensagens : 311
Idade : 24
Data de inscrição : 02/03/2008

MensagemAssunto: Re: Almost easy   Sab Jan 10, 2009 6:18 pm

Aqui vai mais um capitulo extremamente ... emocionante XD

-15-

Ele saiu , e eu tentei dormir de novo . Consegui , mas aquele sonho não me saia da mente .
Estava outra vez no túnel. A escuridão daquele sitio permanecia igual , e de repente apareceu alguém nos meus olhos . Novamente não se conseguia ver a cara . Assustei-me ao sentir que ele me tocava . O toque era-me familiar , provavelmente era daquele homem que tinha dormido . Um sorriso estridente alcançou-me e de repente abri os olhos . Ficcionei os meus dedos aos olhos , para ter a certeza que estava acordada . O dia já tinha escurecido . O quarto era o mesmo. Levei a minha mão passando de leve pelos os meus cabelos , tentando pô-los no seu devido lugar . Levantei-me da cama e segui até o corredor . Precisava de ir á casa de banho , mas não me lembrava bem para onde tinha de ir . Decidi abrir a primeira porta que vi . Fiquei realmente atrapalhada ao ver que Yu estava num momento intimo com a sua namorada . Olhei para o lado , não tinha coragem para o enfrentar . Consegui dizer apenas algumas palavras mas saí imediatamente ao ver que este já se estava a afastar dela . Corri , pelo o corredor , olhando várias vezes para trás quando de repente bato contra a Juliet .

- O que se passa? Estás pálida ! - disse palpando a minha face .
- Leva-me para algum quarto por favor ! - ordenei pegando na sua mão .

Ela levou-me para uma arrecadação . Uma arrecadação bem grande, apenas com instrumentos, e várias caixas . Encostei-me á parede , e olhei para ela . Esta olhava-me indignada , os seus olhos transmitiam que ela queria saber algo, e estava realmente preocupada comigo .

- Eu … Eu vi algo que não queria !

A razão , não era apenas essa . Quando ele se levantou , fez um sorriso para Val , que pela qual , me era muito familiar … familiar de mais ! Ele era o rapaz do meu sonho .

- O quê? Diz-me o que se passa! Tu desmaias e …
- Isto tem tudo a ver com o meu trabalho ! - interrompia olhando-a fixamente .

Uma pontada forte atingiu-me . Uma lágrima quente caiu pelos os meus olhos , e por mais que quisesse travar as restantes , elas caiam com toda a sua força .

- Trabalho? O que é que tu fazes, para que te deixe nesse estado?
- Primeiro , tens a certeza de que este lugar é seguro?

Ele confirmou com a cabeça e eu prossegui . Contei-lhe tudo o que fazia , até aos sonhos que estava a ter, mas nada me levou a contar-lhe sobre o Yu .

- Mas , tens de ter calma . Esses sonhos devem surgir , só por causa do teu subconsciente estar demasiado pesado !
- Provavelmente é … isso .- respondi-lhe sorrindo .

Por mais que me custasse , eu não conseguia contar nada sobre … alguma suspeita minha . Era já demasiado doloroso , estar a expor tanto, o meu trabalho a alguém que apenas tinha conhecido á horas atrás . Ela tinha algo de especial . Transmitia-me segurança , esperança e sobretudo alegria .

-------------
O_O
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SaraPinto*
Sargento Bizarre
Sargento Bizarre
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 737
Idade : 23
Localização : Hollywood ♥
Hobbies : USTREAM (:
Cinema Bizarre Favorito : Strify
Data de inscrição : 07/11/2008

MensagemAssunto: Re: Almost easy   Sab Jan 10, 2009 6:27 pm

hehe invasão de quartos é o que dá xPPPP

keep*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário https://www.youtube.com/user/SaraPintoOfficial
MartaSK
Admin
Admin
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 1622
Idade : 26
Localização : Between Strify and Kiro
Hobbies : Ouvir música, ler, escrever
Cinema Bizarre Favorito : Strify e Kiro
Data de inscrição : 01/10/2008

MensagemAssunto: Re: Almost easy   Qui Jan 15, 2009 12:39 pm

Finalmente consegui actualizar-me na fic...

Ai! O sonho... Neutral

Estou a adorar!!!

Continua... C37

Beijinho Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tekatoki mytsuka*_*Strify
Soldado Bizarre
Soldado Bizarre
avatar

Número de Mensagens : 311
Idade : 24
Data de inscrição : 02/03/2008

MensagemAssunto: Re: Almost easy   Sex Jan 16, 2009 4:17 pm

Mais um ^^

-16-

Abracei-a fortemente . Ela segurou-me a ela , e eu chorei . Era duro estar assim , duro demais para eu aguentar isto sozinha . Apesar de ser forte , não conseguia entender o mundo em que vivia .
Segui para o quarto do Strify . Peguei no meu casaco , e desci as escadas . Nenhum dos amigos dele estavam em casa. E saí daquela casa, olhando pela a última vez para aquele edifício . No cimo das escadas , estava Yu olhando fixamente para mim . Pensei melhor , e se o meu sonho fosse verdade, eu tinha de tentar entregar-me mais naquela casa . Entrei , e fechei a porta e ele aproximou-se a mim . Paralisei . O meu corpo contorceu-se por dentro , deixando-me intacta e ao mesmo tempo chocada com o que me estava a acontecer .
“Porque é que isto me está sempre a acontecer?”, perguntava-me . Ele abriu a boa , mas logo a fechou . Acho que as palavras da boca dele também custavam a sair .

- Já … Bem , já te vais embora? - disse sem me olhar e contorcendo os dedos .

Olhei para ele , e este continuava com o olhar pesado , penetrando algo que nem eu estava capaz de perceber o que exactamente era.

- Acho que já dei muito trabalho por aqui …

Tentei fechar o mais devagar possível a porta . Estava certamente á espera de uma resposta que me fizesse mudar de ideias rapidamente , mas nada aconteceu .
Inspirei o ar da noite . Este era gelado , e quase que congelava o meu pequeno e inocente nariz, que contactava com aquela temperatura . Olhei para baixo , e pus o capucho do casaco na minha cabeça . Saí daquela casa, a correr . Eu já tinha uma pista mas … nem eu sabia se era realmente uma pista aquilo que me estava a acontecer .
Decidi para mim própria que ia avançar com Yu . De uma maneira ou de outra eu tinha de investigar , e precisava me integrar naquela casa por completo . Eu só temia , que algo mais acontecesse . Não era natural , eu sentir o que sentia de cada vez que via o Yu. Ele mexia demasiado comigo . O meu coração ficava demasiado acelerado , quase que mandando uma mensagem para mim , dizendo que este me ia sair pela boca . Queria pensar , que nada disto era real … mas por mais que tentasse , não haviam chances de tal coisa estar a acontecer . Eu sentia neste momento , a falta das palavras do Yu e dos seus olhos , mas … ao mesmo tempo , o toque do Strify, me deixava completamente á nora .

A- Será que estou dividida em dois mundos?

Lancei aquela pergunta para o nada e nada era o que se fazia na rua . Tinha finalmente chegado ao meu apartamento , e deitei-me na cama . Cruzava os dedos sobre a cama , tentando relaxar , mas o sono voltou de novo .

oO


Última edição por Tekatoki mytsuka*_*Strify em Sab Jan 17, 2009 5:42 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SaraPinto*
Sargento Bizarre
Sargento Bizarre
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 737
Idade : 23
Localização : Hollywood ♥
Hobbies : USTREAM (:
Cinema Bizarre Favorito : Strify
Data de inscrição : 07/11/2008

MensagemAssunto: Re: Almost easy   Sex Jan 16, 2009 4:49 pm

fixe^^
está cada vez melhor *_*
keep pls
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário https://www.youtube.com/user/SaraPintoOfficial
Tekatoki mytsuka*_*Strify
Soldado Bizarre
Soldado Bizarre
avatar

Número de Mensagens : 311
Idade : 24
Data de inscrição : 02/03/2008

MensagemAssunto: Re: Almost easy   Ter Jan 27, 2009 4:10 pm

Mais um capitulo xD
Pequenino mas bom ^^

-17-

O som do barulho na minha cabeça era imenso. Algo me fazia mexer constantemente na cama, revirando-me e virando-me, para os dois cantos desta, até que … o som desapareceu e uma melodia calma soou nos meus ouvidos. Caminhava por um jardim verde. As rosas cobriam este jardim, dando um ar maravilhoso a este. Parecia que estava a caminha para o infinito, como se nada tivesse um fim, até que de repente, essa imagem deslumbrante, esfumou-se diante os meus olhos para outra completamente diferente. O céu era negro e as flores transformaram-se em lava que espumava sobre os meus pés.
Estava perdida no inferno … o inferno que era a minha vida! Passaram imagens sobre mim, imagens da minha evolução. Indo da minha infância, até aos dias de hoje. Foquei-me mais, em algumas imagens que eram relativamente recentes. Estava ao lado de Adrean, na festa do 15º ano da filha de Albert. O meu sorriso era esplêndido, e a mão do Adrean estava pousada sobre a minha anca como se fosse uma leve pena. Tinha saudades daquele suave toque dele. Da sua respiração no meu ouvido, da suavidade da sua voz! Continuaram a passar as fotos, e de repente apareceram algumas imagens de quando conheci pela primeira vez o homem que tinha fugido. Robert era o seu nome, e só de lembrar, já me enojava.
Reparei em alguém que estava no bar onde o conheci. Era o strify … mas o que ele estava a fazer ali?
Nada fazia sentido agora na minha cabeça. Primeiro o Yu aparece no meu sonho e agora o Syn? Será que eles os dois estavam envolvidos? As imagens foram passando, e agora ele estava com uma mulher. Nunca a vira mais gorda na minha vida, e de repente, acordei num impulso. Esfreguei os olhos para ver melhor, e fora o meu despertador que não parava de tocar repetitivamente. Desliguei-o, e segui para a casa de banho. Era segunda-feira e mais um dia de trabalho aproximava-se. Segui para a esquadra , e o Albert deu-me os bons-dias , mas não liguei , apenas segui o meu caminho . Entrei no meu gabinete , e ele continuava a andar atrás de mim, como se fosse um cão .

A-Ainda não te cansas-te?
Al- Ann , por favor , não continues assim .
A-Assim como?
Al- Amuada …
A-Está bem … estás perdoado , agora fazes o favor de sair do meu gabinete?
Al- Isso era só o que eu precisava ouvir .

Ele saiu , e eu levei as minhas mãos á cabeça .
Investigar . Sim , eu tinha de investigar , e ia começar pelo o mais simples … A casa deles !

-----------

^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SaraPinto*
Sargento Bizarre
Sargento Bizarre
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 737
Idade : 23
Localização : Hollywood ♥
Hobbies : USTREAM (:
Cinema Bizarre Favorito : Strify
Data de inscrição : 07/11/2008

MensagemAssunto: Re: Almost easy   Qua Jan 28, 2009 1:55 pm

sonhos esquisitos xP ás vezes também me acontece isso...misturar pessoas que não têm nada a ver umas com as outras

keep ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário https://www.youtube.com/user/SaraPintoOfficial
Tekatoki mytsuka*_*Strify
Soldado Bizarre
Soldado Bizarre
avatar

Número de Mensagens : 311
Idade : 24
Data de inscrição : 02/03/2008

MensagemAssunto: Re: Almost easy   Sex Fev 06, 2009 12:50 pm

Mais um ^^

-18-

Peguei nas chaves do carro, e corri até ao estacionamento. Liguei o carro muito rapidamente, e as minhas mãos, estavam completamente inquietas, ao torno do volante. A música que se fazia na rádio, era completamente horrível, e não havia mais nenhuma palavra para a descrever, infelizmente. Comecei a mudar as estações, mas nada me fascinou, até que parei numa. Aquela música, era deles … a música que ouvi, e me deslumbrei tanto pela letra, mas como pela a batida e a maneira que era cantada. Era realmente uma música, que tratava de factos reais que ocorriam em toda a nossa vida. Temos de aproveitar a vida ao máximo, coisa que neste momento não estava a fazer. Olhava para as ruas, e o céu cinzento dava sinais de que uma grande tempestade estava á porta. Não sabia bem o caminho, mas tentei lembrar-me o mais que pude, da trajectória que percorri, a caminho de casa, junto com o Yu.
Yu, nome que entoava na minha cabeça, e por mais que quisesse não saia. Consegui encontrar a casa. Olhei pela janela do banco do passageiro, e nada se fazia nesta . Saí do carro, em passos bem rápidos e bati á porta. Senti alguém me tocar, estremeci ao sentir o sensível toque. Olhei para trás e era Val … não sei porquê, mas um nojo dentro de mim, se formou. Talvez pelo o motivo, de ter dito tal coisa naquele dia, e também por estar a fazer sofrer um rapaz como o Yu.
Sorri-lhe, e ela sorriu-me de volta. Ela era incrivelmente bonita, mas a sua cara doce e angelical, não deixava de transparecer a pessoa cruel que ela era. O sorriso sínico agora fazia-me acreditar em tudo o que a Juliet me tinha dito .

A-O strify … está em casa? – Perguntei esperando uma resposta maliciosa dela.
V- Não sei. O Yu pediu-me para que viesse cá, e provavelmente ele não vai estar.

Assenti com a cabeça, mas uma pontada bem forte no meu coração quase cortando-o se transformou. Pelo o que parecia, a relação deles estava cada vez melhor, e eu tinha algumas esperanças … não sabia que esperanças eram, mas que as tinha, tinha. Nada tinha mudado mesmo assim. Continuava com os mesmos pensamentos, e tinha de encontrar o strify. Ela abriu a porta, e o Yu aproximou-se.
Sorri ao olhar para ele, os olhos transpareciam-me tanta coisa, que eu era incapaz de não me sentir bem olhando para eles. Val abraçou-o e eu baixei a cabeça e senti as minhas bochechas arderem um pouco. Ele olhou-me de novo, e disse a Val algo que eu não consegui perceber.
Ficamos sozinhos. O som do nada que se fazia naquela sala era imenso, e isso incomodava-me bastante. De repente apareceu um rapaz. Era o namorado da Juliet o Kiro.
Ele era deveras bonito e o seu olhar era completamente divinal. Era um pouco diferente em relação aos outros. Ele era ligeiramente mais divertido e o seu sorriso não saia por nada. Olhou para mim, e o seu olhar foi diferente. Aproximou-se a mim, e envolveu os seus braços á volta do meu pescoço. Apesar de pequeno, acomodava-se perfeitamente sobre este.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SaraPinto*
Sargento Bizarre
Sargento Bizarre
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 737
Idade : 23
Localização : Hollywood ♥
Hobbies : USTREAM (:
Cinema Bizarre Favorito : Strify
Data de inscrição : 07/11/2008

MensagemAssunto: Re: Almost easy   Sex Fev 06, 2009 1:06 pm

Citação :
música que se fazia na rádio, era completamente horrível

fez-me lembrar algumas rádios que conheço xP
continua pf*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário https://www.youtube.com/user/SaraPintoOfficial
Tekatoki mytsuka*_*Strify
Soldado Bizarre
Soldado Bizarre
avatar

Número de Mensagens : 311
Idade : 24
Data de inscrição : 02/03/2008

MensagemAssunto: Re: Almost easy   Sab Ago 15, 2009 11:37 am

Depois de milénios , vou continuar a postar. Sorry :$

-19-

Olhei-o intrigadamente. Não encontrava qualquer resposta para aquilo. Libertei um ligeiro sorriso, e tomei a iniciativa.
-Nunca pensei ser tão bem recebida nesta casa!
- Sabes … eu sou assim.
Juliet apareceu rindo-se da figura de Kiro. Ele correu até Juliet, e um abraço enorme foi lhe retribuído.
- Ann não ligues ao Kiro … ele é um tolo! – Riu-se apertando-lhe ligeiramente a bochecha direita.
Eles seguiram para algum sítio que eu não prestei atenção, mas algo fez-me arrepiar de maneira intensa e delicada. Olhei-o intensamente. Strify aguardava uma resposta afirmativa minha. Friccionei os olhos na tentativa de deixar que ele me levasse ao céu.
Ele aproximou a sua cara á minha. A sua respiração ofegante, batendo na minha cara, fazia o meu coração bater como se fosse uma bomba que estivesse prestes a explodir. O seu toque era calmo e delicado, não conseguia raciocinar com ele ali, tentando-me tocar como se fosse algo que se pudesse partir ao mínimo toque. Nesse momento abri os olhos. Os seus olhos brilhavam intensamente e a sua boca precisava de algo que a cobrisse e respirava prazer. Toquei-o na tentativa de o deixar mais confortável para comigo. O meu toque era com uma delicadeza incrível, queria-o sentir, queria tê-lo nas minhas mãos, queria que a minha vida transmitisse a ele como se fosse uma música com uma melodia suave.
Ele pegou-me no colo. Andou rápido, provavelmente acelerou o passo pelo o simples motivo de me poder vir a arrepender. Deitou-me na cama, e deitou-se aconchegando-se ligeiramente ao meu corpo. Encaixavam-se perfeitamente, como uma peça de um puzzle. Agora os seus toques eram diferentes, e a sua boca estava finalmente colada á minha. O jogo que se fazia era imenso. O cheiro que sentia do seu corpo, faziam-me empurrar a parte lateral do meu corpo erguendo-me a ele e entregando-me. Não sentia arrependimento naquele momento. Só queria me levar pelos seus encantos, e enfeitiçar-me nas suas magias! Um ritmo intenso cresceu sobre o meu corpo. Afastei uma mecha do cabelo da frente dos olhos, e sentei-me nos quadris daquele maravilhoso homem. Tentei falar, mas o desejo dentro de mim possuía-me como um fogo que se fazia e crescesse cada vez mais. Abri os olhos, e aí as minhas palavras saíram, não sabia bem o que queria dizer exactamente mas deixei-me levar.
- Porque me deixas assim?! Não tens a noção de como estou desejosa de algo mais quente, mais intenso! Eu não posso, eu não …
O seu dedo indicador tapou a minha boca!
- Não digas nada! Deixa-me viver este momento, eu quero partilhar algo contigo e não sei se esta é a forma correcta mas, deixas-me desnorteado e não consigo apenas entender porque me deixas com vontade de atirar tudo o que tenho na minha frente apenas para te ter nos teus braços e apagar este fogo que se faz dentro de mim! Não sei realmente como me deixas assim … serão as tuas dúvidas ou a tua simples capacidade de fugir sem deixar rasto?
Nesse momento, ele aproximou a sua face á minha e beijamo-nos intensamente. O jogo de palavras tinha parado, embora eu às vezes pedisse mais, sem me aperceber de que ele ouvira. Ele sorria para mim, e lentamente retirava a minha roupa, uma á uma! A sua mão percorria o meu corpo, como se fosse descobrir algo que já não conhecesse! Finalmente estávamos inteiramente nus, a pouco tempo de nos juntarmos e ficarmos como um só … como se nada mais existisse, mas a simples camada de suor que corria pelo o meu pescoço e que caia suavemente. Os nossos lábios juntaram-se e o beijo foi tornando mais leve chegando á hora, em que o seu membro erecto entra dentro de mim como ferro em brasa. Arqueei as costas rapidamente na tentativa de aliviar aquele ardor que se fazia nas minhas entranhas. Ele começou a penetrar-me num ritmo crescente mas calmo, tornando-o a poucos minutos depois, num ritmo demasiado rápido … forcei as minhas unhas contra as suas costas alvas, e por vezes tentava não puxar os meus próprios cabelos na tentativa de aliviar aquele prazer. Os meus gemidos tornaram-se em gritos de prazer, e o suor já fluía naquele quarto. Estremecia a cada toque, estremecia ao vê-lo tomar um dos meus seios na sua boca, delicadamente! Ele segurava nas minhas nádegas com força, e por vezes aspirava o odor do meu corpo como se fossem rosas. Os gemidos agora eram descontrolados e ofegantes.
Perdida num emaranho de sensações misteriosas, ele terminou com uma pontada de triunfo. Agora o seu corpo tinha caído pesado no meu, e nada mais importava a não ser o homem que estava ali comigo! Olhei para ele, e este deitou-se levemente ao meu lado na cama e puxou os cobertores amarrotados, que estavam no fundo da cama. Sorri-lhe, e por fim adormecemos num emaranho de sensações que se tinham transformado naquele quarto e para sempre!
O cheiro do rejubilar de sensações permanecia no mesmo quarto, na mesma cama. Mais uma noite tinha passado, ora doce, ora amarga … nem eu sabia aceitar qual o sentimento nefasto que se tinha feito em mim. Será que era mais um aliado, subjacente às garras de Stridy? Acho que apenas estava a cair na minha auto-deterioração, para tentar encontrar um simples suspeito de um crime eventualmente cometido. Olhei-o e a sua cara doce angelical, fazia-me arrepiar por dentro.
A sua boca, os seus traços … algo que me fazia rejubilar a cada segundo em que penetrava o meu olhar. A sonoridade do relógio, aumentava na minha mente fazendo-me olhar para o mesmo, para tentar perceber, á quanto tempo tinha estado neste monólogo inconsciente.
Já era tarde. Saí da cama, tentando que Strify não acordasse e a tarefa foi bem concluída. Vestia-me, enquanto olhava para ele tentando perceber o que iria fazer a seguir. Provavelmente ia deitar tudo a perder, pelo simples motivo de não me querer prender a um amor subjacente á mentira … ou talvez quisesse ficar admitida á minha saída ideológica. Saí da casa, mas a minha visão foi apagada por completo, perdendo assim a clareza de tudo.
Senti um cheiro, um cheiro a podridão. Queria levar a minha mão até ás fossas nasais, para que esta parasse que o cheiro emanasse neste, mas , por sua vez, as mãos estavas atadas. Queria gritar, queria respirar, queria suplicar por ajuda, mas nada consegui … não ouvia nada que me fizesse sentir mais amedrontada, a única coisa que podia fazer era pensar no porquê daquilo.
Já não haviam duvidas, raptaram uma agente da CIA.

...........

Cya*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
MafyBizarre
Soldado Bizarre
Soldado Bizarre
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 399
Idade : 23
Localização : se pudesse...Strify's bed xD
Cinema Bizarre Favorito : STRIFY MY GOD
Data de inscrição : 19/09/2008

MensagemAssunto: Re: Almost easy   Sab Ago 29, 2009 4:38 pm

O_O


ahm.......

gostei..............

muitooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo

xD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Almost easy   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Almost easy
Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2
 Tópicos similares
-
» Joker
» Conheçam o the DUB Side of the Moon
» Dicas para estudo ?
» Interpretação de A VIAGEM!
» Musicas que começam com o baixo ou que tem partes marcantes com o baixo e etc

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Fórum Português dos Cinema Bizarre :: Fanfics - [+18]-
Ir para: